12 5 / 2014

"Deus…
me ensina a esperar.
Entregar minhas ansiedades a ti.
Ensina-me à caminhar.
Por que só em ti, quero descansar."

Ismael Santos.    (via vonese)

(Source: hoje-sou-livre, via big-girls-dontcr-y)

12 5 / 2014

"Deus…
me ensina a esperar.
Entregar minhas ansiedades a ti.
Ensina-me à caminhar.
Por que só em ti, quero descansar."

Ismael Santos.    (via vonese)

(Source: hoje-sou-livre, via big-girls-dontcr-y)

08 5 / 2014

"E se alguém desafina, a gente se improvisa" ♡

"E se alguém desafina, a gente se improvisa" ♡

06 2 / 2014

(Source: 1-partedemim, via lauuralaraa)

06 2 / 2014

"Se eu chorar, não me faça muitas perguntas, não precisa nem secar minhas lágrimas. Só me diz que você continuará comigo pra tudo, que tenho teu colo e teu carinho. E ainda que te doa me ver assim, me envolva nos teus braços e diga que eu posso chorar, mas que você não sairá dali enquanto eu não sorrir. Porque é isso que nos importa, não é? O sorriso um do outro."

Caio Fernando Abreu (via reinverbos)

(Source: winterstories, via lauuralaraa)

06 2 / 2014

"E o nosso amor sem fim acabou pela quinta vez. Se ele não é eterno ao menos é insistente."

Soulstripper    (via acumulou)

(Source: alentador, via lauuralaraa)

06 2 / 2014

"E pra nós, eu desejo, tudo de bom que houver nesse mundo. E que as cicatrizes de feridas antigas não nos impeça de confiar um no outro de olhos fechados. Que as dores de amores fracassados não nos faça desistir sem antes tentar. Que o medo da queda não seja maior que a vontade de voar. Que haja mais alegrias que tristezas, mais encantos que enganos e mais calmaria que confusão. Que seja bom, bonito e pleno. Que valha a pena e que seja doce. E que o medo do “adeus”, não nos impeça de dizer “olá” pra vida e pro nosso amor. Que o nó do nosso “nós”, nunca desate. Que tudo seja sempre sol e sombra fresca. Mas que possamos virar guarda-chuva nas noites de tempestade, caso o outro precise. Que sejamos nós e por nós, sempre. E que não nos falte fé e amor."

Quietude. (via acrescentada)

(Source: q-u-i-e-t-u-d-e, via indwell)

27 11 / 2013

"

Eles se encontraram uma vez.

Eles passaram a se encontrar.

Ele roubou um beijo dela.

Ela o retribuiu com outro.

Ele a pediu em namoro.

Ela sorriu e aceitou.

Eles assistiram filme no sofá.

Ela passou o café.

Ele fez um bolo de fubá.

Eles visitaram seus familiares.

Eles deram banho no felino.

Eles assistiram seus times do coração ganhar.

Eles dormiram à beira-mar.

Ele cantava baixinho para ela.

Ela escrevia escondido para ele.

Ele a convidou para jantar.

Ela passou mal de tanto comer.

Eles foram embora rindo.

Eles namoraram por anos.

Ele tomou uma importante decisão.

Ela temeu.

Ele a pediu em casamento.

Ela sorriu e aceitou.

Eles foram para uma lanchonete.

Ele pediu uma cerveja.

Ela optou por um suco natural.

Eles comemoraram.

Ele disse que ela descabelada era tão linda quanto a lua.

Ela ficou com vergonha.

Eles se beijaram.

Ela ficou o observando.

Ele ficou observando-a.

Ela perguntou se poderia-a mergulhar nos olhos verdes ensolarados dele.

Ele respondeu que o sol em seus olhos era o brilho da beleza dela que refletia.

Eles se abraçaram.

Eles foram para casa na contramão.

Eles cantaram.

Eles foram casados por anos.

Eles envelheceram.

Ela assava biscoitos no forno novo.

Ele capinava lembranças no jardim.

Eles tomavam remédio no mesmo horário.

Ela controlava o sal do bife para ele.

Ele economizava nos doces para ela.

Eles repartiam a mesma poltrona.

Ela fazia cachecóis de lã para ele.

Ele transferia calor para as mãos dela.

Eles se tornaram frágeis com o tempo.

Ele não deixou de roubar beijos dela.

Ela não deixou de retribuir.

Eles trocavam presentes.

Ela ouviu ele cantar pela última vez.

Ele segurou forte em suas mãos.

Ele tentou transferir seu calor para ela.

Ela não respondeu.

Ela foi velada com as estrelas.

Ele capinava motivos.

Ele passou a jantar sozinho.

Ele encontrou na gaveta todas as cartas antigas escritas por ela.

Ele tomou uma importante decisão.

Eles se encontraram uma vez.

Eles passaram a se encontrar, só que agora, em outro lugar.

"

11 11 / 2013

"Não sou muito de falar sobre sentimentos, então quando eu falo, escute com atenção. Provavelmente porque eu vou estar em uma luta interna entre demonstrar tudo o que sinto, e não parecer uma tola aos seus olhos…"

11 11 / 2013